Conselho Participativo Municipal

11 dez

Através da sua Assessoria de Imprensa, o vereador Toninho Vespoli informa que ele incentivou a participação da população, inclusive votou no dia da eleição para o Conselho Participativo Municipal.

Desde o início, de acordo com sua assessoria, ele afirmou que o conselho é “uma ferramenta importante para se discutir a cidade, fazer o debate político, fortalecer a democracia e a transparência. Portanto, é uma iniciativa de valor“.

No site do vereador, um artigo de Waldemar Rossi questiona todo o processo, e com razão. Toninho acredita que o sucesso do conselho dependerá de uma postura do Executivo para, além de ouvir as sugestões, implantá-las. “Caberá ainda aos conselheiros, além de elogiar as ações boas do Executivo, denunciar irregularidades e problemas.

Veremos o que nos espera.
Clique aqui e leia na íntegra o artigo de Waldemar Rossi sobre o assunto.
Anúncios

2 Respostas to “Conselho Participativo Municipal”

  1. Milton F. Nunes 16/12/2013 às 18:25 #

    Interessante a matéria apresentada pelo grande e histórico Waldemar Rossi. Seu problema, no entanto, é a generalização fácil e simples, de modo que finda por optar a “jogar fora a criança com a água suja do banho”. Inicialmente, é importante relembrar que o Conselho de Representantes foi idéia que nasceu junto com as Subprefeituras ainda na gestão Marta Suplicy, “curiosamente” barrada pelo Ministério Público logo no início da gestão Serra/Kassab, sem que nenhum desses tivesse a mínima preocupação de questionar a visão, intenções e mandos do MP, fazendo que os Conselhos ficassem durante 8 anos sem serem implantados. Pois bem, logo no 1º ano da gestão Haddad opta-se por efetivar os Conselhos e, mais ainda, COM INÉDITA OPÇÃO POR NÃO PERMITIR COMISSIONADOS DE MANDATOS e afins como Conselheiros. Concordo com Waldemar Rossi em relação a alguns dos problemas levantados, a exemplo da distância de alguns locais de votação, mas vejo que ele simplesmente toma tais pontos como VERDADE GERAL, bem como aponta que TODOS OS CONSELHEIROS SERIAM REPRESENTANTES/BANCADOS POR VEREADORES.
    Como contraponto, sugiro verificar o site de uma ORGANIZAÇÃO SOCIAL que articulou um conjunto de cidadãs para concorrer ao Conselho (ver em http://www.casadacidade.org.br/ e http://www.casadacidade.org.br/nosso-coletivo-de-candidatos-ao-conselho-participativo-municipal-da-subprefeitura-de-pinheiros/ ). Como essa, acho que encontraremos exemplos diversos na cidade. Óbvio que nossos erros e cultura política ainda demorarão muitos anos para possibilitar efetiva participação democrática, mas daí a considerar por alguns erros que a iniciativa de efetivar o Conselho de Representantes é simplesmente um engodo da Prefeitura, acho que há distância considerável. Prefiro reconhecer os erros e lutar pela melhora efetiva, mas NÃO ABRIR MÃO DE EFETIVAR O CONSELHO JÁ!!

  2. mclaudiapaiva 16/12/2013 às 19:00 #

    Obrigada pelo seu comentário e eu assino embaixo Milton.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: